Blog Impressões

Captura_de_Tela_2011-08-27_as_18.50.49  novo texto da B.Pellow

By Barb Pellow
Published: July 19, 2012

Em julho passado faleceu aos 79 anos, em um hospital em Idaho, o escritor e empresário Stephen Covey. Ele ganhou fama global e se manteve nas listas de bestsellers por mais de 5 anos com seu livro de 1989, Os 7 Hábitos de Pessoas Altamente Eficazes: Restaurando o Carater Ético com a fusão de gêneros de autoajuda e literatura de negócios. O livro do sr. Covey vendeu mais de 25 milhões de exemplares em todo o mundo e que também ganhou a distinção de se tornar o primeiro audiobook a vender mais de 1 milhão de cópias. Covey criou o Covey Leadership Center o qual se fundiu com Frank Quest em 1997 para formar o FranklinCovey. Essa exitosa empresa de serviços profissionais e rede varejista especializada vendeu ferramentas de treinamento e produtividade para indivíduos e organizações.

Ironicamente Covey sempre ficou um pouco perplexo com seu sucesso. Em seu íntimo ele estava simplesmente dizendo as pessoas o que ele pensava que elas haviam entendido - a eficácia do bom comportamento. De acordo com Covey as pessoas simplesmente necessitavam formar hábitos a partir de seus melhores instintos para serem eficientes. Ele considerava suas 7 pepitas de conhecimento como leis naturais, como a gravidade. Essas 7 lições nunca foram mais relevantes do que hoje no setor gráfico. Para homenagear o legado de Covey penso que seria uma boa hora de dar uma refrescada nesses seus 7 hábitos, assim como alguns exemplos de organizações que estão aplicando a fundo esses lições.

 

 

1. Seja Proativo

De acordo com Covey “ sua vida não acontece simplesmente”. Se você sabe ou não, ela é cuidadosamente desenhada por você. “ As escolhas, apesar de tudo, são suas “. As empresas que vejo melhor se saindo no mercado estão desenhando seu sucesso ao focar em oportunidades específicas de mercado. Elas estão proativamente objetivando mercados específicos e construindo relações de acordo com suas necessidades. Por exemplo, a empresa EarthColor, baseada em New Jersey foca em três segmentos básicos: Farmacêutico/Saúde, Telecomunicações/Cabo e Serviços Financeiros/ Seguros. De acordo com o vice presidente executivo Cheryl Kahanec, “Há elementos comuns na solução que entregamos para esses segmentos de mercado”. Todos os tres segmentos têm regulamentações rígidas que requerem comunicações personalizadas no seu dia a dia que se beneficiam da segmentação de clientes e mensagens customizadas de marketing. Nós  trabalhamos proativamente com nossos clientes para entregar soluções fluidas construídas para servir a desejos únicos desses setores pesadamente regulamentados.”

2. Comece com o Fim na Mente

A abordagem de Covey para o segundo hábito é baseada na imaginação - a habilidade para criar a visão do que não pode ser visot por seus olhos. Essa ideia está baseada no principio de que todas as coisas são criadas duas vezes. Há (primeiro) uma criação mental e uma (segundo) uma criação física. A criação física segue a mental, assim como um edifício é feito a partir de uma planta. Os fornecedores de serviços gráficos no mercado de hoje estão construindo visões mais amplas para o futuro. Eles estão se vendo como muito mais do que impressores.

A pesquisa da InfoTrends indica que os movimentos na oferta de serviços de marketing de cross-media estão aumentando o uso de dados para dirigir as campanhas de marketing. O estudo da InfoTrends intitulado A Evolução dos Fornecedores de Serviço de Marketing de Cross-Media descobriu que mais de 58% dos Fornecedores de Serviços Gráficos oferecem serviços de marketing de cross-media. Outros 28% reportaram planos de começar a oferecer esses serviços dentro dos próximos dois anos. Somente cerca de 13% dos entrevistados não tinham planos para cross-media.

Figura 1: Você atualmente oferece serviços de marketing de cross-media?

 

As gráficas que estão trabalhando com clientes para fornecer gestão e análises de dados de consumidores estão criando comunicações ainda mias relevantes e efetivas.

3. Coloque as Primeiras Coisas em Primeiro

Covey acreditava na importância da priorização. Para viver uma vida mais equilibrada deve-se reconhecer que não se deve fazer tudo que nos é aparece. Não há necessidade de nos extrapolarmos em demasia. Uma vez que se aprenda que está bem em se dizer não, podemos focar nossas energias nas prioridades mais altas. Meegan Hinds, Vice-presidente senior e Diretor Geral da Integrated Statement Services em Symcot, afirma: “Nós tínhamos uma meta, mas sabíamos que nos tomaria de 3 a 4 anos para realiza-la. Nós queríamos fornecer abordagens dinâmicas para a otimização de faturas impressas, extratos e outras comunicações baseadas em dados que são regularmente entregas a consumidores. Nós também  queríamos nos tornar os fornecedores de melhor custo benefício do mercado o que significava investir em ferramentas e tecnologías para automatizar a produção. Nós criamos um plano de rota realístico que identificava os pontos chave, mas reconhecemos que alcançar nossas metas significaria cortar áreas internas que estavam fora de nossas competências essenciais.”

4. Pense “Ganha-Ganha”

Covey escreveu: “Acordos ou soluções ganha-ganha são mutuamente benéficas e satisfazem. Cada lado pode comer um pedaço da torta e seu sabor é muito bom”. Pidalia, uma agência de propaganda atípica, exemplifica o pensamento “ganha-ganha”. A empresa adotou uma filosofia de gerar faturamentos e lucros baseados no valor que é entregue aos seus clientes. Fundada há mais ou menos um ano atrás a partir de uma ramificação da Reynolds DeWalt, Pidalia é uma agência de tecnologia que junta propaganda, criação de softwares e consultoria de negócios para criar soluções de propaganda de multi-canais integrados para negócios ou marcas. Cada projeto começa com a identificação de uma meta ou uma deficiência que um cliente tem no seu processo de marketing. Seu presidente Scott Dubois explica: “nosso foco está no valor percebido do trabalho que estamos fazendo. Isso pode ser os custos que estamos economizando para o cliente, os processos que estamos viabilizando, os erros que estão sendo eliminados ou mesmo a velocidade com que podemos trazer um produto para o mercado. “ O resultado é uma situação de “ganha-ganha” que aumenta a rentabilidade para Pidalia tanto quanto para seus clientes.

5. Busque primeiro Entender, para Depois ser Entendido

A visão de Covey era de que a comunicação é a mais importante habilidade na vida. Gastamos anos aprendendo como falar, ler e escrever, mas e sobre escutar? O sucesso está conectado ao verdadeiro e profundo conhecimento de nossos clientes e consumidores e só podemos conseguir isso através de uma cuidadosa escuta.

A empresa F.P. Horak (Bay City, MI) se transformou com sucesso de uma empresa gráfica tradicional para serem fornecedores de serviços de marketing que foca na escuta cuidadosa dos problemas dos clientes. Um resultado da habilidade de escutar de F.P. Horak foi o lançamento de seu “engage!”, um serviço de relacionamento de marketing. Essa oferta busca o relacionamento de valor de longo prazo com o cliente, satisfação dos consumidores e mais recentemente de retenção. Enquanto outras estratégias de marketing de respostas diretas têm foco dominante nas transações de vendas, esta abordagem de marketing de relacionamentos foca no desenvolvimento de fortes conexões com consumidores e lhes provê informações desenhadas para suas necessidades e interesses. Essa abordagem ao marketing ajuda a aumentar a lealdade dos clientes, interação e entrelace de longo prazo.

6. Sinergize

De acordo com Covey, sinergia simplesmente significa que duas cabeças são melhores do que uma. Ele elaborou: “Sinergizar é o hábito de coperação criativa, é um trabalho de equipe, mentes abertas e a aventura de encontrar novas soluções para velhos problemas.” No mercado de hoje ninguém pode seguir sozinho. Há oportunidades para parcerias que levam a resultados de negócio. Esta semana, Pitney Bowes desenvolveu uma parceria com a Orion Holdings, uma unidade do Interpublic Group (NYSE: IPG), para criari uma nova unidade, Orion Printing Worldwide que focará no fornecimento de soluções de gestão de impressão para as empresas IPG globalmente com a missão de alavancar o gasto de impressão da empresa no mundo inteiro com a missão de criar economias e aumentar valor para os clientes. Através da Orion Printing Worldwide, as empresas IPG ganharão acesso a um serviço total de gestão de impressão, uma rede global de soluções de impressão de uma empresa lider do setor, gestão de projetos e tecnologias inovadoras para entrega de serviços melhorados de custos efetivos e qualidade aos clientes. Usando modelos de Tercerização de Processos de Negócio (BPO), a Pitney Bowes estará buscando parceiros estratégicos globalmente para ajudar na sua produção e distribuição ao redor do mundo.

Em outras circunstâncias estamos vendo agencias, fornecedores de análises de dados e integradores de sistemas de TI formando equipes com impressores para a entregar soluções integradas totais a seus clientes.

7. Afiando o Machado

Afiar o machado significa passar por uma frequente auto-renovação. Cada dia provê uma nova oportunidade - a chance de renovar-se mais do que chocar-se com um muro. Tudo o que se necessita é ter o desejo, conhecimento e habilidade. A empresa Sugarbush Media é um exemplo de uma companhia que entende e pratica a auto-renovação. Eles tem exitosamente se transformado de uma gráfica comercial para uma rentável provedora de serviços de marketing. O fundador da Sugarbush Mark Parent explica: “Nós começamos a perder participação de mercado quando as agências de propaganda começaram a diminuir de tamanho. Como a participação no mercado começou a declinar olhamos o que estava acontecendo no mercado”.

Para ter uma melhor ideia das condições de mercado Parente participou de um seminário da NAPL sobre como reinventar as organizações gráficas. Os especialistas no seminário explicaram aos participantes que eles estavam no lado tradicional do negócio e que eles precisavam se envolver em uma linha diferente de trabalho.  “Eu não estava emocionado por aquela mensagem, admite Parents. “Há uma enorme quantidade de coisas complexas que acontecem quando tomamos um pedido de trás para a frente com todas as pessoas que tem de estar envolvidas para fornecer uma qualidade adequada. É uma arte entregar um bom produto no prazo de forma consistente. Quando alguém te diz que você tem que aprender tudo sobre um novo negócio você engole em seco. Eu sabia que tinha chances, mas estava bem preocupado”. Hoje Parents religiosamente lê livros sobre vendas e marketing para crescer mais em seus conhecimentos. Ele também se envolve com organizações que são relevantes ao pessoal de marketing para manter seu dedo no pulso da tecnologia, o que inclui organizações como Ad:tech, PODi, DMA, Marketing Sherpa e o CMO Council. Parents estava relutante no inicio em fazer essas mudanças, mas agora ele está no processo de auto-renovação.

A Linha de Baixo

Os sete hábitos de Stephen Covey são um conjunto simples de regras para a vida. Elas são intrarelacionadas e sinérgicas, embora cada uma seja poderosa e que vale a pela segui-la individualmente. Caso você não tenha lido os Sete Hábitos das Pessoas Altamente Eficazes agora pode ser uma boa hora de fazê-lo. Se tiver o livro pode ser uma boa hora de rele-lo!

Publicado em BLOG IMPRESSÕES