Inkjet de produção na drupa 2016 – artigo 2 – Xeikon e sua nova tecnologia Trillium

Inkjet de produção na drupa 2016 – artigo 2 – Xeikon e sua nova tecnologia Trillium

Avalie este item
(0 votos)

Seguimos publicando a séria escrita por David Zwang do WhatTheyThink sobre as inkjets de produção na próxima drupa 2016

Neste artigo, David olha para a Xeikon, sua nova tecnologia de Toner Líquido Trillium e suas impressoras, assim como suas últimas ofertas em preparação para a drupa 2016

By David Zwang

Published: March 22, 2016

Certo, primeiro de tudo, preciso explicar porque escolhi adicionar a Xeikon a esta série sobre inkjets de produção quando, de fato, eles não têm, atualmente, nenhuma solução baseada na tecnologia de inkjet. A principal razão é a introdução da nova impressora Xeikon Trillium One de alimentação continua com toner liquido, que foi desenhada para competir contra o dry toner, tanto quanto com as impressoras de inkjet, principalmente estas últimas.

Se você não prestou atenção nos últimos dois anos, em abril de 2014, o grupo Flint, presente em mais de 137 locais no mundo, foi comprado por dois significativos players: o poderoso grupo financeiro Goldman Sachs e o Koch Industries, um dos conglomerados de mais rápido crescimento no mundo..

Como novos recursos e direcionamento, não levou muito tempo para que o grupo Flint mostrasse suas intenções e significativamente crescer seu portfolio com a aquisição da Xeikon em dezembro de 2015. Esta sua primeira aquisição expandiu os negócios do Fint Group além de somente fabricar tintas. A Flint fez agora uma afirmação de que querem fabricar os equipamentos que dirigem também o consumo de tintas. E enquanto a Xeikon é o primeiro fabricante de equipamentos adquirido pelo grupo Flint, minha expectativa é a de que haverá aquisições adicionais no futuro, com o potencial de criar um outro jogador significativo no espaço de produção gráfica digital. Será que talvez alguma empresa com tecnologia de inkjet esteja no horizonte para a Flint?

Xeikon tem um longa história de fabricação e implementação de sistemas de impressão baseados em toner. A empresa desenha e manufatura suas próprias barras de imagem LED. Fabrica seus próprios toners e tem tido sucesso desenhando e construindo transportes de substratos desde sua primeira entrega do DCP-1 em 1994. Estamos todos razoavelmente familiarizados com o toner seco, processo eletrofotográfico que está no coração da maioria dos equipamentos digitais em uso hoje. Nos últimos anos temos visto e temos sido impressionados pela habilidade dos fabricantes de equipamentos que realmente levaram essa tecnologia aos seus limites. A qualidade tem sido capaz de alcançar a marca estabelecida pela offset, tornando-a uma tecnologia gráfica madura e competitiva. Entretanto,  assim como a adoção dessa tecnologia cresceu, a habilidade para aumentar a velocidade e largura da impressão se tornaram uma barreira real para futuras expansões. Enquanto o mercado olha para a inkjet de produção como capaz de ultrapassar essas limitações, o fato é que a tecnologia de toner liquido pode realmente superar essas limitações atuais.

Imagem Trillium One 

Fui  apresentado à tecnologia trillium pela primeira vez em fevereiro de 2012 na preparação para a drupa daquele ano. De fato na drupa, a Xeikok mostrou uma amostra de uma cor da tecnologia Trillium no segundo andar do seu estande. Na época eu estava muito impressionado sobre o que poderia ser realizado com a tecnologia de Toner Líquido. Não apenas pelo fato de que ela poderia passar os limites do toner seco, mas que também poderia fazer isso com um custo mais baixo!!. Bem, agora a Xeikon está introduzindo a Trillium One, uma impressora quatro cores usando a tecnologia Trillium e que foi desenhada para marketing direto, catálogos e equivalentes. A Xeikon tem a reputação de produzir impressos com um alto contraste gráfico e forte pigmentação, portanto produzir impressos de alta qualidade está no cerne da empresa.

A resolução de imagens das impressoras Xeikon de toner seco tem sido sempre notável com 1200 x 1300 dpi. No passado, para demonstrar o que isso significa, alguns funcionários da Xeikon produziram a Declaração dos Direitos Humanos impressos em tipos de 1 ponto no verso de seus cartões de visita e, incrivelmente, podiam ser lidos com uma lupa. De fato, o equipamento de toner seco da Xeikon recém recebeu a aprovação do governo Belga para imprimir os selos oficiais de impostos. Para garantir a segurança desses selos, o quais, na prática, são considerados dinheiro, é requerido um nível de detalhes que é difícil de replicar na maioria dos processos de impressão.

Para a Trillium One, a Xeikon manteve os 1200 dpi de densidade varável de ponto tal como tem em sua atual linha de toner seco.

O sucesso dessa tecnologia está baseada em dois princípios básicos: microgapping e toner liquido. No diagrama abaixo vocês podem ver o sistema de imagem. Há um sistema idêntico para cada cor dentro da impressora.

Trillium microgapping

Microgapping é melhor descrito como um espaço de 5 microns entre cada um dos pontos de toque no sistema de imagem. Estão entre o anilox e os rolos mestres, o mestre e o tambor fotocondutor, entre o tambor fotoreprodutor e o tambor intermediário, o qual então transfere o toner para o papel. Esses micro espaços (microgaps) fazem com que o mecanismo disperse de forma acurada e eficiente o toner liquido.

O toner liquido concentrado Trillium, chamado TONNIK, será inicialmente vendido em containers de 10 litros e é manufaturado de forma única. A Xeikon indica que há planos de fornecer toner em tambores maiores pata instalações de alto volume. O TONNIK começa como uma resina que é a mesma usada na formulação do toner seco da Xeikon e pulverizada em partículas de 1 mm. Ela é então partilhada em 10 microns e misturada com agentes de dispersão e um transportador liquido.

Usam então um equipamento de alta velocidade de pulverização líquida onde as partículas são reduzidas a 2 microns em forma de disco. As partículas resultantes quando mixadas com um agente especial dispersantes criam partículas estáveis que rejeitam as partículas adjacentes. Com um calor apropriado é adicionado ao processo de imagem, a estabilidade da dispersão é reduzida/removida facilitando a fusão das partículas.

O transportador liquido é um óieo branco com alto ponto de ebulição, não volátil e não condutivo. A espessura do liquido transportador é removido mecanicamente durante a divisão da deposição natural no processo de microgapping enquanto uma pequena porção é transferida ao substrato com duas etapas naturais de remoção durante a fusão por contato e não-contato. Todo o liquido transportador recuperado é reusado. A “destintalização” é de 94% com  base no teste  alemão Ingede que é o mesmo grau que a Xeikon tem alcançado para sua soluções de toner seco. O sistema é desenhado para reduzir os impactos ambientais. Em adição ao fato de que não há evaporação no óleo transportador, somente reciclagem, tampouco uma secagem suplementar é necessária, como é necessária no sistema inkjet.

O video a seguir ilustra o movimento das partículas de toner entre o anilox e os rolos mestres. Aqui você pode ver a dispersão inicial das partículas.

 

O próximo vídeo ilustra as partículas se movendo entre o rolo mestre e o tambor fotocondutor. Você pode ver que as partículas foram dispersadas ainda mais baseado nos requisitos de imagem do fotocondutor.

 

Finalmente as partículas são transferidas para a mídia, com o remanescente liquido transportador sendo ambos removidos e transferidos como visto abaixo:

 

O resultado desse processo é um impressão muito suave, sem a sensação levantada da impressão toner.

O sistema de transporte da Trillium One

O transporte Trillium One segue o modelo predecessor de transporte estabelecido nas impressoras Xeikon de toner seco desde 1994. É uma configuração em torre, que permite às impressoras Xeikon ter uma ocupação compacta de espaço de cerca de 5 x 9 m

Trillium transporte

Ela tem uma largura de impressão de 50cm e imprime a uma velocidade de 60m/ min (200 fpm) (A Xeikon declara que no laboratório foi demonstrado que a Trillium tem a capacidade de imprimir no dobro dessa velocidade). O volume indicado é de 5 a 15 milhões de folhas A3 por mês. Não há otimizador ou pre-coating requerido para o processo de fusão e a temperatura de fusão é relativamente baixa, o que deve permitir o uso de uma boa quantidade e versatilidade de substratos. A Xeikon está no processo de certificação de substratos e fornecerá a informação quando estiver disponível.

De acordo com a Xeikon, como não há cabeças de inkjet ou chapas de impressão não se pode comparar a eficiência do microgap e o processo toner; adicionalmente a Trillium One produz uma impressão que realmente é menos custosa que a de toner seco. E em casos onde não há cobertura de tinta acima de aproximadamente 40%, ela é ainda mais barata do que a produção inkjet. Isso traz um desafio interessante para a horizonte da produção inkjet.

Enquanto parece que a tecnologia Trillium tem o potencial de ser aplicada em múltiplos segmentos de mercado, incluindo embalagens, a Xeikon escolheu focar a impressora Trillium One no mercado de impressão de documentos.

Xeikon DFE e Suporte Front End 

Como as outras impressoras Xeikon, a Trillium One é dirigida pelo Xeikon X-800 DFE. Esse DFE, baseado no Adobe PDF Print Engine (APPE) pode também suportar AFP/IPDS a uma velocidade de motor controlada. A Xeikon também desenvolveu o Vectorizor para gerar arquivos de corte e vinco, Controle de Cores para gerar perfis ICC e bibliotecas de cores spot, um modulo de códigos de barra para gerar códigos de 1D e 2D, Impactor para criar imposições  e ColorKey para monitorar e analisar a qualidade de produção.

Diferente de muitos fabricantes de impressoras eletrofotográficas, a Xeikon não usa um modelo de cobrança por click. Suas impressoras são vendidas com programas de manutenção e os consumíveis são comprados de acordo com as necessidades. A Trillium One está agendada para começar suas entregas no Segundo trimestre de 2017 e será demonstrada na drupa. O estande da Xeikon na drupa incluirá uma experiência de realidade virtual que permitirá ao visitante “ver dentro” da impressora quando ela estiver funcionando.

Outra inovações de impressão Xeikon sendo mostradas na drupa

Na Labelexpo, no ultimo outono em Bruxelas, a Xeikon introduziu sua nova Tecnologia de Fusão direcionada ao mercado de rótulos e embalagens. Essa tecnologia foi desenhada para ser uma plataforma modular simples que é flexível e pode ser mudada para suportar as atuais e futuras necessidades. Ela pode suportar cores além do processo de 4 cores, mas também pode suportar outros enfeites “todos digitais”, atualmente incluindo: ScreenWhite, Verniz Tátil, Cores Spot, Braile e Foil quente e frio.

A Xeikon também estará mostrando sua nova Suite de Cartão Semi Rígido (folding carton) na drupa. Baseada em sua série de impressoras 3000, essa solução fornece uma solução de ponta a ponta para a produção de embalagens em cartões semi rígidos, incluindo impressão a 5 cores em até 63 fpm (19m/ min). A empresa também desenvolveu a Xeikon FDU (Unidade Flatbed de corte e vinco). Ela opera até 2000 folhas por hora com o corte e vinco no tamanho de 48,8 x 70 cm. Ela pode suportar de 160 a 890 microns de espessura incluindo corrugados micro ondulados. Ela foi desenhada para fazer registros automáticos e precisos das folhas para o corte e vinco sem registros que tomem tempo.

Os toners secos da Xeikon estão disponiveis em CMYK, Verde Azulado, Laranja e Extra Magenta. Adicionalmente a Xeikon oferece branco opaco e clear em uma passada e pode fazer cores especiais de marcas. A Xeikon também faz toners especificamente desenhados para substratos PD, rótulos de transferência térmica  e fimes clear e metalizados, Seus toners QA-I Toners vão de encontro as orientações da FDA para contato indireto com alimentos.

Conclusão

A Xeikon sempre fez bons produtos, mas agora é uma empresa a ser bem observada. Embora a Xeikon tenha sido sempre uma empresa inovadora com muitos direcionamentos, com os recursos e direcionamento dos investidores do Grupo Flint a empresa pode agora continuar a sonhar e a se desenvolver.

Espero ter trazido a você uma boa quantidade de informações detalhadas tal qual fiz no passado para prepara-lo para uma visita à drupa. Ou se você não está indo, para prepara-lo para sua própria investigação em inkjet de produção e outras aquisições. No avanço da próxima onda de artigos, fica sugestão que você faça uma revisão dos artigos originais da séria de inkjet de produção. Eles não somente cobrem fabricantes e equipamentos que vieram ao mercado, mas também as tecnologias direcionadoras, requisitos e impedimentos

Fique ligado para mais um monte de informações sobre outras soluções de inkjet de produção tão logo as informações fiquem disponiveis e quanto mais perto estivermos da drupa 2016

Sobre o David: 

David Zwang

David Zwang é consultor norte-americano, trabalhando com otimização da produção, planejamento estratégico, análise de mercado e servicos relacionados. Seus clientes incluem gráicas, fabricantes, varejistas, editoras, premedia e agências do governo americano 

 

 

 

 

Ler 53696 vezes
Hamilton T. Costa

Website.: www.anconsulting.com.br

93203 comentários

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.